5 fatos sobre casamentos duplos que você não sabia - Casando Sem Grana
Mais assuntos CSG Planejamento Por onde eu começo?

5 fatos sobre casamentos duplos que você não sabia

O texto de hoje é direcionado especialmente para quem ainda não começou a se planejar muito e está com as opções em aberto. É também um tema um pouquinho polêmico, mas que pode render festas muito legais, divertidas e econômicas.

Adivinhou? Vamos conversar um pouquinho sobre casamentos duplos e as possibilidades que essa escolha traz.

1 – Para quem é?

Os casamentos duplos exigem certa sintonia entre os participantes, então é ideal para irmãs, primas e amigas bem próximas (estou falando aqui da perspectiva da noiva, mas a regra serve para noivos também). Basicamente, pessoas em que você confie para dividir responsabilidades, custos e orçamentos e que tenham preferências parecidas com as suas quanto às especificidades de uma festa.

2 – É econômico?

Basicamente, você vai ter o dobro do orçamento que teria planejando um casamento único, sem necessariamente ter o dobro de despesas. Afinal, como serão pessoas próximas que casarão juntas, não vai ser necessário dobrar o número de convidados, por exemplo, já que muitos serão em comum. Além disso, para casamentos duplos de familiares, o evento facilita a vida de parentes que teriam que viajar para dois casamentos, por exemplo.

Casamentos duplos

Imagem: Capella Fotografia

3 – Possibilita um ótimo sistema de apoio

De repente, o peso de planejar o casamento não está só sobre os seus ombros, ou seus e da sua pessoa amada. Ter um outro casal tomando decisões, lidando com solução de problemas e apresentando ideias é uma ótima maneira de tornar o processo menos estressante. Claro, para isso, é preciso escolher bem a dupla: todos devem ter muito senso de responsabilidade e cooperação.

4 – Não significa necessariamente menos atenção

Um dos medos mais comuns quando se pensa em casamentos duplos é o receio de que a noite não tenha para os noivos (especialmente para a noiva) o brilho original que poderia ter, mas é perfeitamente possível contornar essa situação. Há momentos que podem ser divididos, como a entrada na festa, o corte do bolo e o brinde, mas a entrada da noiva, por exemplo, pode ser realizada separadamente. Também, nem todos os elementos de decoração precisam ser os mesmos, por exemplo. Adicionar cores diferentes, por exemplo, do gosto de cada casal, fazem com que a cerimônia não perca a individualidade. Ter duas mesas separadas para os casais na hora da festa também é uma boa ideia nesse sentido.

Casamentos duplos

Imagem: Lari Guimarães

5 – Pode ser muito mais divertido

Dividir um momento especial com pessoas amadas é todo o ponto de realizar um casamento, não? Uma cerimônia dupla faz exatamente isso, de maneira ainda mais especial. Casar junto com um casal de amigos ou familiares muito próximos provavelmente vai ampliar a possibilidade de mais convidados ligados a ambos comparecerem (ao contrário de que se os casamentos fossem feitos em datas próximas e separadamente, por exemplo), e gastar menos dinheiro por poder dividir os custos como aluguel de lugar, música, decoração e comidas e bebidas vai possibilitar que os casais utilizem esses recursos para realizar outros sonhos: aumentar a lua de mel, iniciar uma poupança com um valor razoável, adiantar a compra ou reforma de um apartamento…

***

E aí, o que você acha da ideia? Faria um casamento duplo? Já teve a experiência? Conta pra gente nos comentários!

Beijos!

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d