Casamento real e econômico | Diani e Thiago
HISTÓRIAS REAIS PARANÁ

Casamento real e econômico | Diani e Thiago

Pensa em um casamento lindoooo! Da história do casal, passando pelos filhos, os preparativos para o casório, até o grande dia. O relato do casamento real e econômico da Diani e do Thiago está simplesmente uma graça e muito inspirador!

Como a grana estava curta, os noivos descobriram um grande segredo para fazer um casamento incrível com economia: contar com a ajudar de todos que fazem parte da sua vida. Muitas pessoas se envolveram nesse casamento que aconteceu em Francisco Beltrão, no Paraná, mas tem um detalhe aqui muito especial: o vestido de noiva. Os tecidos e todo o material foram presente de grandes amigos e quem fez foi a própria mãe da noiva. Gente…vocês não vão acreditar na coisa mais linda que o vestido ficou. Fora a emoção dessa noiva no dia, né?

A Diani vai saber contar melhor pra vocês como tudo aconteceu. Então, escuta só:

“Olá!

Meu nome é Diani e meu marido é Thiago.  Resumidamente, nos conhecemos no colégio, nos perdemos de vista durante a faculdade dele e depois nos reencontramos, em 2006.  Em 2009 marcamos o casamento para 2010. Engravidamos, desmarcamos. Veio Isadora, veio Enzo em 2013 e resolvemos nos casar, finalmente. 

Após 8 anos conseguimos fazer tudo se encaixar: disposição, vontade. Já a grana…curta. E nem por isso desanimei. Quisemos tudo o mais simples possível, porém com qualidade. Fomos sinceros com nossos convidados: para que tudo acontecesse, pedimos presentes em dinheiro. Mesmo porque já temos nossa casinha. 

A Igreja foi a do bairro onde cresci e onde os pais do noivo casaram. 

A decoração foi a mais singela. Era para deixar os convidados à vontade, e não já de início ficarem “like a sir”. Queríamos algo bem informal e descontraído. 

 

Meu vestido. Ah, o meu vestido. Ele teve tanto significado! Os tecidos, rendas e todo o material dele foi presente de grandes amigos meus (oi Lili, Léo e Laura!). E o feitio… como seu sempre sonhei. Foi minha mãe quem fez. Jamais qualquer estilista mais badalado, talentoso e caro conseguiria chegar perto de me fazer sentir o que senti dentro desse vestido. Além de que a minha mãe ainda fez o vestido da daminha, da Isadora e todo o traje do Enzo. Desde gravata ao terno. Imaginem o quanto isso desapertou o orçamento. 

O casamento tinha 210 convidados presentes. O buffet tradicional (pratos quentes, leitão recheado, costela e saladas). Simples e delicioso. Refrigerante, suco de caixinha para os pequeninos, tubaína, cerveja, whisky e energético.  

Os doces foram tradicionais. Porém: a mesa extra que fiz com “doces de bodega” foi sucesso absoluto. O meu objetivo era provocar a nostalgia nos convidados e consegui, sem falar que o preço desses doces é suuuuper em conta.  O bolo, (o melhor do sul do mundo) foi feito e presenteado pela Raquel, mãe da Karlla, amiga minha desde… sempre. As placas de “Lá vem a noiva”, “Até que enfim” e as plaquinhas da festa foi o Carlinhos, pai da Karlla também. 

A festa contou com muitos presentes dos familiares e amigos convidados. Foi uma força tarefa geral. Desde trazer as bebidas destiladas do Paraguay, até fazer os bem casados. Tinha até quem fez o papel de cerimonialista. O carro foi presente de um dos padrinhos. Padrinho muito aplicado que até mesmo o traje do motorista ficou muito chique! Até luvinhas brancas!

Aí eu vejo o grande segredo de um casamento sem grana: Contar com todos que fazem parte da sua vida. E eu pude contar com todas essas pessoas e sou muito grata por isso. 

Claro que um casamento sem preocupação com valores e todo organizado por profissionais deve ser muito mais tranquilo para os noivos. Mas eu duvido mesmo que tenha tanto significado não só para quem está casando, mas para quem está participando do momento. 

O que percebi que é muito importante para esse dia é ter um fotógrafo bom e que enxergue os momentos como você. E o Rafael Mello entendeu perfeitamente o que eu queria! 

O DJ também compreendeu o clima que a gente desejava e nos deu uma festa muito, mas muito animada mesmo.

Enfim. Nosso casamento foi lindo. Teve filhos levando as alianças (o momento mais nhui e causadores de ciscos intrusos em olhos de todos os presentes). Inclusive padre zuerando com o fato de os filhos já estarem lá.  

Teve gente saindo de barriga cheia e feliz da vida, e gente festando até… enfim. Foi deveras divertido. 

Queria tudo de novo. Pelo menos uma vez por ano.”

 

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (1)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (2)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (3)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (4)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (5)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (6)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (7)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (8)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (9)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (10)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (11)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (12)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (13)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (14)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (15)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (16)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (17)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (18)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (19)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (20)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (21)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (22)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (23)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (24)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (25)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (26)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (27)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (28)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (31)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (32)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (33)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (34)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (35)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (36)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (37)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (38)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (39)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (29)

casamento-economico-faca-voce-mesmo-parana-vestido-diy-filhos-levam-alianças (30)

fornecedores

Fotos – Rafael Mello | Decoração –  Kélli Steinheusen | DJ –  Leonardo Lucho |  Vestido – Coprodução da mãe da noiva e Trier Wailer

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d