Casamento real e econômico | Taís e Alexandre
Casamentos HISTÓRIAS REAIS SÃO PAULO Sudeste

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Taís e Alexandre começaram a pesquisar fornecedores logo depois de ficarem grávidos, em fevereiro de 2014. Depois que a filha deles nasceu, marcaram a data do casamento e tinham 1 mês e meio para planejar tudo.

Vem ler!

“Nosso casamento foi algo sonhado, pensado e planejado em pouquíssimo tempo.

No dia 12 de abril completou um ano que realizamos nosso sonho, apesar de nem termos completado 3 anos de relacionamento ainda. Viemos de divórcios com filhos, eu com um menino, hoje com 8 anos e ele com uma menina, hoje com 7 anos.

Ganhamos nossa filha em fevereiro de 2014, e desde que ficamos grávidos começamos a pesquisar buffet e locais para cerimônia, me inspirei muito nos depoimentos e relados do blog.

Quando a Luísa nasceu, marcamos a data, tínhamos um mês e meio para prepararmos tudo, sabíamos que o que nos era possível era simples, mas até hoje nos surpreendemos com o resultado.

Começamos pelo convite, fizemos a arte e imprimimos em casa, fugimos do tradicional. Como morávamos juntos e já éramos uma família, nossos filhos eram os protagonistas que convidavam para o ‘sim’ de seus pais. Um evento criado no Facebook nos ajudou muito, como ainda estava de dieta, foi o grande aliado para convidarmos aqueles que por estarem distantes, não receberiam o convite em mãos. Fizemos uma pequena história nossa e mantínhamos as pessoas atualizadas dos preparativos e dividíamos a expectativa.

Após acertarmos o tipo de cerimônia que foi com o juiz de paz, marcamos para às 11:30 da manhã.

Fechamos o buffet, almoço com churrasco e por termos 3 filhos ficaríamos tensos em um local grande demais, desistimos da chácara e o buffet nos ofereceu um lugar, uma casa grande com um jardim que poderia ser a cerimônia e a festa.

Fizemos um book da família por R$ 29,90 que compramos em um site de compras coletivas e usamos as fotos ampliadas para decorar a festa e uma delas tratamos no photoshop que ficou com cara de pintura e colocamos na recepção em um tripé.

Nossas alianças compramos na rua do Ouro em São Paulo e saiu 2/3 mais barata que no shopping, encontramos lá o modelo que desejávamos.

Os trajes alugamos em um local que nos ofereceu bom preço pelo do noivo e igual para o meu filho.

Daminha, após escolhermos um para alugar, optamos por compra pelo mesmo valor um vestido lindo que ainda ficaria com ela.

Batizaríamos nossa filha no dia seguinte e a sua sapatilha charmosa foi dada pela madrinha que usaria nos dois eventos.

Meu vestido teria que ser algo simples e barato. Acabei garimpando um vestido na loja de uma madrinha que saiu por R$ 300 e sinceramente, se tivesse desenhado teria saído assim, o amor é um ingrediente fundamental para que as coisas conspirem ao seu favor. Me arrumei em um salão do bairro, com uma cabeleireira que me cobrou cabelo e maquiagem, preço justo. Ganhei da minha afilhada, unhas decoradas de noiva feitas por ela mesma.

As bijuterias que usei comprei de uma amiga.

As fotos contratamos um pacote básico de uma câmera de filmagem e um álbum de 20 páginas, depois compramos um fotobook por R$ 39,90 e montamos um álbum dos convidados e festa.

O topo do bolo em biscuit saía em média R$ 100 por pessoa e queríamos todos nós, encontramos uma pessoa que fez em EVA, todos por R$ 100, ficou lindo!

As flores contratamos um pacote simples, ganhei o meu buquê e o da noivinha.

O DJ foi indicação de uma amiga da minha mãe, cobrou barato e os acessórios para a pista compramos na 25 de março em São Paulo. O mesmo foi responsável pela trilha da cerimônia, apenas a entrada da noiva foi tocada ao vivo no acordeom pelo meu cunhado e cantada por uma amiga a canção Pra Sonhar do Marcelo Jeneci.

As lembrancinhas foram duas, uma coletânea de canções que estariam na cerimônia e festa e que embalaram nosso romance, personalizamos a embalagem e a dos bem casados que foram entregues na saída.

A lua de mel, pedimos cotas de viagem, com o valor pagamos a estadia em um hotel em fortaleza para nossa família de 5 pessoas. Nossas passagens aéreas compramos com milhas do cartão de crédito. E viajamos 6 meses depois pensando na nossa pequena, planejada em baixa temporada saiu bem mais barata.”

Beijos!

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

 

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

Casamento real e econômico | Taís e Alexandre

 

Fornecedores

Buffet: Don Maitres | Fotos: Ellos Fotografia (11) 25644187 | Topo do bolo: Herika Paulleto herikapaulleto@gmail.com (14) 9122-8376 | DJ: Adriano | Decoração: Guto Flores (11) 4991-2620 | Vestido dama: Baby Mania | Salão: Eva Saturno (11) 2564-8957 | Bijuterias: Fatima Chahine

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d