Início » Casamento real e econômico | Wilma e Marcus

Casamento real e econômico | Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Pra quem diz que namoro a distância nunca acaba em casamento, esta história está aqui para provar o contrário!
Wilma e Marcus namoraram a distância por alguns anos e no ano passado resolveram se casar. Conseguiram preparar toda a cerimônia e recepção em apenas 3 meses, sim, é possível! Quer saber como foi eles conseguiram realizar este casamento real e econômico?

Vem ver!

“O dia 10 de maio de 2014 foi o mais especial e emocionante das nossas vidas. Todo o esforço de preparar tudo durante 3 meses para a cerimônia e recepção em outra cidade valeu muito a pena. E o noivo ajudou em tudo, um amor!

Vou contar um pouquinho da nossa história pra vocês.
Nos conhecemos há 5 anos, não foi amor a primeira vista mas foi um pouquinho de amor a cada encontro. A diferença de idade (20 anos) não nos incomoda, nos damos super bem. Ele é terra, eu sou ar, ou seja, a gente se completa! Rsrsrsrs

Bom, eu sou de Arcoverde, no sertão do estado e o Marquinhos de São Paulo, mas mora aqui a bastante tempo e se considera um pernambucano. A gente namorou a distância durante 3 anos e em 2013 me mudei para Recife. Fazia um tempo que queríamos fazer o casório, mas nunca conseguíamos fechar a data. Nós decidimos priorizar a lua de mel e fazer uma super viagem de um mês pela Europa. Por causa do custo optamos por fazer a pequena cerimônia em Arcoverde, lugar onde nasci e onde minha família mora. Meu sonho era uma cerimônia em uma capelinha, com muito verde e mimos espalhados pelos cantos.

No fim de Janeiro de 2014 decidimos o roteiro da viagem e compramos as passagens para 11 de maio. Portanto, o desafio estava lançado: organizar tudo do casamento para 10 de Maio, até então não tínhamos organizado NADA (loucura né?)! Os maiores desafios foram, conseguir o padre para um sábado (fim da tarde na véspera do dia das mães) e um decorador com um bom preço e data disponível. No fim das contas consegui um decorador que sempre foi bem conceituado na minha cidade e ele foi minha maior decepção, o cara sumiu uma semana antes do meu casamento e só veio aparecer às 23:00 do dia anterior a cerimônia. Imagina como eu estava, morrendo de tanto chorar né! Por causa disso esqueci de cuidar de vários detalhes que tinha imaginado, mas dá para perdoar.

Eu adorei fazer várias coisas. Fiz os convites, as lembrancinhas, o site do casamento, kit toillet e as famosas garrafinhas com fotos dos convidados na entrada da recepção. Eu, o noivo e meu irmão colocamos as fotos nas garrafas no dia anterior do casamento, enquanto esperávamos o decorador no buffet. Ficou lindo demais, um amor! As pessoas entravam e quando se viam morriam de rir, todo mundo levou sua garrafinha pra casa. Já os mimos de tecido pendurados nos galhos secos, foram feitos por uma das madrinhas.

Pois bem, a cerimônia foi uma emoção só, nunca sorri tanto na vida. E todo mundo, absolutamente todo mundo ficou emocionado e chorou na cerimônia, foi lindo de morrer! Todos me disseram que nunca viram um casal chorando e sorrindo tanto no altar. Um dos momentos mais emocionantes foi quando minha avó de 81 anos entrou com as alianças.

A recepção foi super animada! Todo mundo ficou até o fim, 5 horas de festa e as pessoas lá, bebendo e dançando. O melhor de tudo foram os convidados, que compartilharam com a gente a emoção e a energia do momento. Todo mundo saiu da festa dizendo que foi a melhor de todas. Tanto que, um dos nossos padrinhos que já tem uma relação estável a anos, decidiu oficializar o casamento. Lindo né?!

Sempre digo que para fugir dos valores absurdos cobrados por aí, é importante pesquisar, procurar habilidades das amigas e claro, exercitar as suas (procurar pessoas que trabalhem com artesanato também pode dar certo). Ter a tranquilidade de ter nos seus convidados as pessoas que realmente têm um carinho verdadeiro por vocês, isso faz toda diferença.

Preciso dizer que não gastamos uma fortuna no nosso casamento, primeiro porque não tínhamos e segundo porque não concordamos com esse mercado que explora de forma absurda o sonho do casamento. Um bom exemplo disso foram as lembrancinhas e os convites que eu mesma fiz. Além disso, meu vestido de noiva só comprei o tecido e mandei pra uma costureira lá de Arcoverde fazer. Ela é um amor, cuida de cada detalhe e o preço é inacreditável de tão justo!

No fim das contas gastamos cerca de 20 mil reais com o casório, nosso maior investimento foi com a banda, e valeu super.”

Beijos!

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

casamento-real-economico-wilma-marcus-casando-sem-grana (121)

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

casamento-real-economico-wilma-marcus-casando-sem-grana (74)

casamento-real-economico-wilma-marcus-casando-sem-grana (66)

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

casamento-real-economico-wilma-marcus-casando-sem-grana (76)

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

casamento-real-economico-wilma-marcus-casando-sem-grana (98787)

casamento-real-economico-wilma-marcus-casando-sem-grana (89)

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Casamento real e econômico Wilma e Marcus

Fornecedores

Buffet: Arte de Fazer | Vestido: Aparecida Lopes | Mimos de tecido: Daniela Santos | Roupa do noivo: AG7 | Bolo de rolo: Dona Torta | Música: Jack Soul | Sapato: Dona Rosa | Bolo: Dona Aparecida | Foto: Eternize Produtora | Cabelo e maquiagem: Adriana Barros | Barman: Brazilian Drinks | Bebidas: NUR | Buquê: Rafael Farias

Sobre o Autor

Equipe CSG

Newsletter





Rede Casando sem Grana

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d